Braga acolheu o primeiro de 54 encontros do Roadshow para a Digitalização do Norte

A cidade de Braga foi o ponto de partida do Roadshow para a Digitalização do Norte, um roteiro de 54 encontros que, ao longo dos próximos meses, vai percorrer as 8 sub-regiões do Norte de Portugal para dar a conhecer o ACELERAR O NORTE.

O projeto é promovido, em Consórcio, pela Confederação de Comércio e Serviços de Portugal (CCP), pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e pela Associação da Economia Digital Portugal (ACEPI), tendo como objetivo acelerar a transição digital do ecossistema comercial e empresarial do Norte do país.

Segundo João Vieira Lopes, presidente da CCP, o “salto qualitativo na digitalização” é fundamental para a competitividade do país. “Só assim será possível uma aproximação aos indicadores europeus”, alertou, assinalando a importância de programas como o ACELERAR O NORTE, que pretende abranger mais de 50 mil comerciantes, empresários e colaboradores de micro, pequenas e médias empresas dos setores do comércio, dos serviços pessoais e da restauração e similares.

Aumentar a competitividade do tecido económico local e projetar o Norte em direção ao futuro digital é o grande propósito deste projeto, cujo investimento é de 19 milhões de euros e a duração é de aproximadamente dois anos.

Para Luís Miguel Ribeiro, presidente da AEP, este é sobretudo um “desafio” à capacidade de transformação do Norte, uma região prioritária nas dinâmicas territoriais do país. Trata-se de “capacitar para competir”, segundo a AEP.

Já Carlos Moura, presidente da AHRESP, deixou três palavras-chave: confiança, modernização e negócio. “O digital é um meio e uma necessidade. Precisamos de negócios mais rápidos, mais eficientes e mais ágeis”, sublinhou, notando que “é necessário aproximar os operadores às soluções tecnológicas que já existem no mercado e que permitem modernizar o modelo de negócio”.

Maior comodidade e facilidade no acesso ao ponto de venda, nos pagamentos, na comunicação, na logística e nas operações de gestão são algumas das vantagens da digitalização.

Vantagens essas que são também cada vez mais valorizadas pelos consumidores, como lembrou o Presidente da ACEPI, Alexandre Nilo Fonseca, com números que ilustram a evolução do digital em Portugal. “Antes da pandemia, só 30% dos portugueses fazia compras online, hoje são 60% e estão cada vez mais exigentes. Este é um potencial de venda e crescimento que as empresas não podem ignorar, independentemente da sua dimensão”, destacou.

Facilitar a adoção de estratégias e soluções digitais, que permitam às empresas estar mais perto e atrair novos clientes, alcançar mais vendas e simplificar processos para fazer crescer o negócio em todas as frentes, é o propósito do ACELERAR O NORTE.

Para isso, o projeto vai contar com 16 Aceleradoras de Comércio Digital na região, e mais de três dezenas de técnicos no terreno, que vão apoiar gratuitamente as empresas através de ferramentas para avaliar o nível de maturidade digital do negócio; apoio na elaboração de planos de transição digital; vouchers até 2 mil euros para acesso a serviços de transição digital (via catálogo de transição digital); e sessões de informação, workshops e conteúdos de capacitação.

Para a Diretora Geral da DGAE, entidade responsável pela coordenação da medida Aceleradoras de Comércio Digital do Plano de Recuperação e Resiliência, no âmbito da qual se insere o ACELERAR O NORTE, este projeto é “mais um passo numa estratégia abrangente e crucial para a transformação digital do país”, afirmou Fernanda Ferreira Dias.

Do programa deste primeiro encontro, que decorreu no passado dia 14 de março, no Altice Forum Braga, fez também parte uma mesa redonda sob o tema “O meu negócio: digitalizar rima com ganhar”, com a participação de empresas locais que partilharam as suas experiências no digital.

Seguiu-se um período de perguntas e respostas com o Diretor do Projeto, Nuno Camilo. Perto de duas centenas de comerciantes e empresários participaram na sessão.

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site concorda com a Política de Cookies da ACELERAR O NORTE. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active
Save settings